quarta-feira, 27 de abril de 2011

Dicas de Integração Sensorial para Professores


Integração Sensorial é um processo neurobiológico inato que se refere à interpretação dos estímulos sensoriais do meio ambiente (Ayres, 1979). Quando uma criança tem um Transtorno de Processamento sensorial, a informação do meio ambiente e os próprios sentidos não estão bem organizadas no cérebro. Isso resulta em problemas no processamento de informações e alterações comportamentais e/ou emocionais de forma inadequada para a tarefa.

As dicas a seguir podem ajudar as crianças que são hipersensíveis ao toque, auditiva, visual e que necessitam de movimento para manter-se organizado na sala de aula.

Estratégias Organizacionais em sala de aula Geral

-Usar papel quadriculado para ajudar a organizar os problemas de matemática.
-Fornecer papel pautado para escrita(Caderno alibombom para escrita cursiva)
-Fornecer adaptadores de lápis para as crianças que têm dificuldade para preensão do lápis maduro.
-Lembre as crianças a utilizar as suas mão não-dominante para segurar o papel.
-Ajuste cadeiras e mesas para a altura adequada para cada criança. (Os pés devem tocar o chão. Altura da mesa deve ser logo abaixo do cotovelo da criança.
-Manter atenção auditiva,evitar as distrações visuais a um mínimo. (cartazes,painéis,portas e janelas)
-Se uma criança pressiona muito duro com o lápis(ou utilizar o lápis jumbo)
-Sempre a informação presente no melhor modalidade da criança. Visual, auditiva ou multisensorial atividades de aprendizagem podem facilitar a compreensão e memória.


As crianças que são sensíveis à luz, toque inesperado, muitas vezes preferem toque firme / pressão, o que ajuda a organizar seu comportamento. Mantenha as seguintes dicas em mente:

-Utilize pressão firme no ombro ou nas costas, ao invés de um posicionamento mão suave.
-Coloque a criança inquieta e dispersa com ajudante de sala.Pode favorecer uma maior organização do ambiente e das tarefas solicitadas.

Algumas crianças estão em "busca os estimulos sensoriais"(procura dos estimulos sensoriais com bastante intensidade) .Algumas idéias:

-Permitir que uma criança se sentar em cima de uma almofadas. Este permite o movimento sem sair da mesa.
-Sugerir cinco minutos balançar ou subir/descer escorregador durante o recreio, antes de voltar para a aula. Depois,realizar uma atividade relaxamento.
-Sugerir atividades para manter o nivel alerta, movimento rítmico (por exemplo,andar,pular, ou saltar), que pode ajudar aumentar o nivel de alerta para o sistema nervoso central.
-Peça à criança para apagar a lousa ou executar tarefas com outros professores, para lhes permitir obter um movimento extra. Melhora auto-estima e favorece uma mior organização comportamental.

Algumas crianças também precisam de estímulos sensoriais extra para suas boca e mãos.Ajuda uma melhor organização do seu comportamento, tais como:

-Garrafas de água na mesa
-Respiração(inspiração/expiração) (Exemplo:balão,apito,bolinha de sabão) 10 vezes e depois iniciar a próxima atividade.
-Mastigar uma chiclete ou tomar água com canudo.
-Brincar com algo em suas mãos(massinha,argila,apertar bolinhas texturizadas)
-Pendurar pelos braços nas barras ou empurrar a parede durante 20-30 segundos de cada vez.
-Empurrar / carregar objetos pesados (por exemplo, carregar livros, empurrar cadeira e mesa)
-Carregar uma mochila com livros pesados ou saquinhos de feijão (deve ser usado por apenas 15-20 minutos a uma hora, entre uma ou duas horas)
-Um canto de leitura com uma cadeira e saquinhos de feijão(no colo da criança) uma ótima dica para acalmar a criança e aumentar o nivel de alerta para leitura.



Fonte: T.O Kari Hall Shanks, MA, OTR em Denver,Colorado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário